sexta-feira, julho 10, 2009

Feira versus mercado

Qual é o melhor local para se encontrar produtos de qualidade e com bons preços?



Imbituba

Tatiana Stock

Na hora de comprar frutas e verduras sempre vem à dúvida de onde é o melhor local para se encontrar produtos de qualidade e com bons preços. Frutas e verduras, quanto mais frescas, melhor, por isso as antigas feiras continuam até hoje. Com o diferencial do preço único por quilo, com exceção de alguns itens como o morango, o mamão e o pinhão. A feira atrai muitos clientes que prezam por produtos de qualidade e com preços acessíveis ao bolso.
O consumidor deve se ater ao valor por quilo, pois muitas vezes o valor de determinados itens comprados em separado em mercados sai mais em conta.
Para se ter uma noção de diferença de valores, durante a feira foram comprados: três bananas, três tomates, dois limões, um pimentão, duas maças pequenas e uma laranja; todas no valor de R$1,10; o preço por quilo estabelecido na feira. Esse valor é para todas as frutas e legumes, com exceção do: mamão papaia, morango e pinhão, que segundo Márcia Rosiane Defreyn, empreendedora da feira, esses produtos não estão mais na época certa, o que aumenta o valor.
Em um mercado da região foram separados e pesados os mesmos itens selecionados na feira, somando um total de R$2,80, registrando mais de 150% acima do valor total dos mesmos produtos comprados na feira.
Em relação ao quesito qualidade, o mercado não perde da feira, os dois locais apresentaram as mesmas características em termos de produtos e variedades. “A qualidade dos produtos da feira é boa e tem vezes que vale muito mais a pena”, conclui Cezar Cardoso, durante suas compras.
O funcionário, Vinicius Costa natural de Aratingauba, trabalha no ramo alimentício há 10 anos e alega que os produtos mais vendidos são: tomate, batata e cebola.
Márcia Rosiane Defreyn, natural de Águas Mornas, trabalha no ramo há 17 anos, e diz que começa as montagem dos produtos por volta das 4:30h da manhã, para estar tudo pronto para atender os primeiros clientes às 6h até o meio dia. “Trazemos toda semana em torno de 40 produtos”, informa.
Um dos empecilhos da feira é que ela só existe uma vez por semana, e isso é um dos fatores que afasta grande parte dos clientes. Uma consumidora de produtos do mercado justificou que às vezes é complicado ir à feira, pois só existe uma vez por semana e o supermercado está sempre aberto.
Gosto não se discute, e é por esse e outros motivos que existem várias opções, para todos os gostos e bolsos, cabe ao consumidor escolher o que melhor lhe agrada.




A feira que acontece todas as quartas-feiras do mês, na Rua Irineu Bornhausen, no centro de Imbituba.


Cezar Cardoso, consumidor assíduo da feira de quarta-feira


Fotos: Tatiana Stock


Matéria impressa no jornal Popular Catarinense, ANO VIII, Nº 985, sexta-feira, 10 de julho de 2009.

Um comentário:

Flávio disse...

Queria ver uma comparação dessas aqui com o Mercadorama!
Quando estou na praia prefiro as verdureiras e feiras.

"Qualquer coisa que a mente do homem pode conceber, pode, também, alcançar." 
William Clement Stone